3- O “DESASTRE” provocado por nossa Justiça “INCONSEQUENTE” não tem limites!

Surprise!Foto da Mulher Pare

Entre 100 mil injustiçados no País, me coloco em 9ª(nona) colocação!

Quirella Nulitatis”-Nulidade”- “CRIME  INEXISTENTE”:  -01 nova situação reabrirá o processo.

                  HÁ 10.000 ANOS “ANTES DE CRISTO”, NA GRÉCIA,  ESTE CRIME TERIA ABSOLVIÇÃO – por falta de testemunhas!

  • 1- Entre algumas empresas, até clandestinas, fiscalizei a Empresa Joia. Esta era de prestação de serviços, e não foi encontrado nada que a desabonasse com o ICMS. A Empresa que o outro fiscal atuou, chamava-se JLM, totalmente irregular, dando margem para o bandido, proprietário, negociar com o fiscal medíocre. No primeiro dia do serviço, ainda pela manhã, eu não possuía  nenhuma informação a respeito do Agente Fiscal de Rendas Araújo,  que trabalharia em dupla por 15 dias.
    • A juíza “´Mascarenhas”, mesmo sobrenome que o “Sr.Mascarenhas, (réu)”, afirma que o “verme” foi perfeito, demonstrando sem nenhuma testemunha a mais pura verdade! Em suas declarações, veja fita da Rede Globo, o “velho” não diz uma verdade e demonstra “demência”, facilmente identificada por especialistas, “Detector de mentiras”. Todas identificadas por mim e marcadas em cópias da reportagem original (ver filme).
    • Fui preso em flagrante trabalhando em minha sala, dentro do posto fiscal. Conforme minha reação na fita de vídeo da Rede Globo, eu jamais sabia de que se tratava.  

      –  Sendo a empresa que fiscalizei dentro do enorme pátio, como outras empresas também, era de prestação de serviços e isenta de ICMS, tranquei o talão, sendo esta a “técnica” para não existir suspeitas de suborno. Fui preso com este documento e meu cartão de visitas que fornecia a todo e qualquer contribuinte fiscalizado por mim e/ou o responsável pelo estabelecimento! A empresa suspeita(J.L.M.) encontra-se nos autos,até o porquê seria autuada pelo fisco…Por que fui envolvido nesse episódio? Há 22 a  nos minha vida foi destruída, por nada!

  • 2- O maior constrangimento que um homem pode passar em vida, seria passar em Rede de T.V., Globo News para o mundo, sendo um ladrão. Imaginem um “Doente” dizendo que os fiscais queriam R$20.000,00 para que ele retirasse umas madeiras de um lugar e as colocassem em outro. Vergonhoso e lamentável. Isso dói muito e a 22 anos não foi desmentido por nenhuma autoridade, embora todos os motivos que levaram à ação fiscal estejam nos autos. O real era ele nem sequer ter I.E.(Inscrição Estadual). Clandestino e doente mental. Irresponsável e covarde. Jamais consegui um emprego e um dos fatos para isso seria essa acusação insana.
  • .
  • 3- O velho “esclerosado e safado”, apoiado pela Justiça, afirma em rede de T.V. que os fiscais atiraram em seu portão. Em uma visita aos vizinhos, após o susto da reportagem, fui informado pela proprietária de uma sorveteria vizinha que, há um ano antes, ele havia brigado, como sempre brigava, com um sócio (nordestino), que passou de madrugada e deu uma rajada de tiros em seu portão. A polícia esteve no local. Necessito: Ou de um detector de mentiras para analisar a reportagem e/ou o B.O. feito pelo doente, embora ele negue. Ou na delegacia do bairro de sua fábrica clandestina ou na delegacia da residência, uma vez que ele afirma ter recebido tiros também em sua casa. O CANALHA AFIRMA QUE NÃO DEU PARTE POR NÃO ADIANTAR NADA, MAS TRATA-SE DE PERVERSIDADE. UMA ATITUDE DESTAS TOMADA POR MIM, COMO O DOENTE AFIRMA, SERIA A ÚNICA PROVA CONTRA MIM, DE ALGO SEM “PROVAS”! 
  • 4- Quando exibe as gravações, ele afirma ter conversado com os fiscais por telefone. Desejo que identifiquem essas gravações e descubram meus telefonemas…O que eu teria para falar com ele?
  • 5- Denunciei na OAB, todos os advogados que não anexaram a fita para esclarecer melhor a jovem Juíza, e afirmaram contra mim, fatos dos quais não participei. Tudo isso com notório desejo de não acusar o fiscal que sabiam que eu nem sequer conhecia. A Juíza, com pouco mais que 20 anos de idade, e o processo com esta natureza trocou da mão de juízes  várias vezes.
    • 6- Mesmo em estado de depressão, Escrevi um livro, anexei aos autos, este não tinha como não me absolver. Absolveu, mas por prescrição. Acredito que as autoridades se assustaram com o livro com 400 págs., mas não podiam absolver o outro fiscal. Este me absolveu também em outros 43 processos, sempre envolvendo a ex-mulher,que, desejando me tirar os filhos, conseguiu isso com a “ALIENAÇÃO PARENTAL” e subornando o Juiz RAMON MATEU FILHO, denunciado por mim no MP. Esta também Fiscal de Rendas-SP. Totalmente suspeita de minha prisão e que jamais foi investigada! 
  • 7- Já em estado de miséria, e por um dramático erro, contratei um advogado: Pedro Rubens, que nem sequer acreditava em “Deus”. Eu, fazendo faculdade de Teologia. O sujeito era tão “ruim” que, em seu pedido, constava uma incapacidade do estado em demitir e que ele ficaria milionário, pois “milhares” de funcionários demitidos voltariam ao estado. Assisti aos juízes darem gargalhadas na cara dele e me dizerem: Camilo, eu sei que você é inocente! Ou seja: Como nós vamos fazer?
  • 8- O velho não tinha Inscrição Estadual em um empreendimento enorme que chamava muito a atenção, e a fiscalização o pegava sempre. Sua crueldade é justificada pelo fato de ele pensar que um fiscal depois de apreender seu caminhão e multá-lo o traia denunciando-o a outro fiscal. Seu “empreendimento marginalizado” era muito camuflado e seu ódio foi multiplicado!
  • Todas as afirmações dele na fita de vídeo da “Globo” são mentirosas e é facílimo provar.
  • 9- Eu me encontrava com forte depressão, da qual me trato há 22 anos, e não acreditava que meus advogados, todos, sem exceção,  lutassem contra um desejo “mórbido” das autoridades em me punir. Driblar o óbvio, mas punir! 
  • 10- Após minha prisão, em “Flagrante”, sem nenhuma prova, testemunhas, existência de fatos, etc. Todos se assustaram muito, o filme da Rede Globo, exibia em vários chamadas, inclusive na “Globo News” para o mundo, eu sangrava muito, pois resisti o que pude. 

     11- Houve participações de todas as autoridades, até do governador Mario Covas e do Secretário de Fazenda. O posto fiscal do ocorrido, foi fechado. Eu me neguei a trabalhar como fiscal. Faltei  uns 4 anos de trabalho, até a demissão. Devido à corrupção generalizada e conhecida, o ódio da população adquirido pelo povo contra fiscais, policiais, políticos os deixam cegos. Assisti, nesses 22 anos, a pessoas de todos os níveis sociais, inclusive líderes católicos relevantes. Assustam-se com meu caso. A MISÉRIA QUE ME ABATEU DEPOIS DE TER SIDO, 17 ANOS, FISCAL DE RENDAS, E MINHA FORMA FÍSICA PRIVILEGIADA NÃO ME DEIXAM SER CONFUNDIDO. As autoridades me punem, por revolta com o sistema, incompetência, ausência de fé no próprio “Deus”. A péssima formação moral, a incompetência e a ganância dos advogados, má formação, também driblam as autoridades!

      12- Os fiscais eram deslocados para trabalhar no posto fiscal dos fatos (fiscalização de impacto), apenas 15 dias por ano, fato de eu não conhecer o outro fiscal que era de outro local. Essa fiscalização ocorreu no 1º dia de trabalho. Tudo isto poderá ser comprovado em documentos da fiscalização.

       13- Informo a todos que se interessem pela matéria em pauta que jamais desistirei de meus direitos. Por participar do Movimento contra a Corrupção no País (MCC) e por estarem acessando meu site em todo o mundo, ainda sem recursos para divulgação, sou eleito Deputado Federal em todo e qualquer estado da federação. Assim poderei me aprofundar em reformas da Justiça e Fazenda, por exemplo. Tentarei eliminar para sempre a possibilidade de uma crueldade como essa. Informo que desenvolvi estratégias para atingir 1.000.000 de visitas de pessoas esclarecidas em meu site. Aguardem!

  S.A.A.A. – SÍNDROME DE ALIENAÇÃO ADQUIRIDA PELAS AUTORIDADES:          

         14- O Canalha e Crápula Ricardo Corrêa, procurador do estado, trabalhando como corregedor na Secretaria de Fazenda – SP, este “ser”, doente, e meu julgador na administração, pelo simples desejo de punir, foi à delegacia de polícia, fazendo um B.O. em que ameacei matar o velho em epígrafe. Este assumiu o feito, porém quando percebeu o ódio demonstrado por mim, fugiu das audiências. Não estamos diante somente de um “irresponsável sonegador”, e sim de um curral. Fazendo uma pesquisa descobri que ele demitia todos que ele julgasse. Então, desconfiei e sai atrás de pessoas a quem ele julgou. O primeiro que encontrei foi  o fiscal Sabino Teixeira que me relatou: O “monstro” havia falsificado uma declaração que provava que ele conhecia um homem que o incriminava e que ele não conhecia, tendo ele perdido o emprego como eu. Lamentavelmente, eu conheci tão claramente esta doença que nem mesmo o Ministério da Saúde e/ou Ministério da justiça, a identificou. Quando encurralei o “rato” acima, na secretaria de fazenda e lhe perguntei por que tinha este comportamento. O que ele tinha contra mim e o Sabino, ele começou a tremer e a gaguejar e disse: Não tenho nada contra vocês! Ambos fomos demitidos por ele, por nada. A última experiência que tive com a doença foi assustadora. Na delegacia de polícia de Volta Redonda, logicamente como deve ocorrer  em todas as delegacias do País, pois a doença é séria, existe um policial militar, especialista em aumentar as penas dos presos que chegam lá. Ele deve ter feito cursos para isso, pois, ao deparar com o fato, ele começa a raciocinar, com muita inteligência e rapidez de raciocínio, ligando as leis, quase sempre, consegue aumentar os crimes covardemente: Coloca aí ameaça! Tentativa de fuga! Eu o vi te o desacatando! Estupro! Aliciamento de menores! Tentativa de suborno! Etc. O desgraçado que cair nas mãos dele, ficará como eu fiquei. Não haverá saída, pois é comum; o delegado, o juiz, o promotor, o carcereiro, o escrivão, etc. possuírem também a doença. Tive o desprazer de assistir ao julgamento de uma mãe traficante e ao sobrenatural esforço de um “Desembargador” para enquadrar a filha desta, no crime. Um desejo mórbido. “Covarde”! Pelo menos em meu caso, houve uma grande porcentagem doentes, razão pela qual desenvolvi uma teoria totalmente diversa de minha área. Isso com certeza com mais a inspiração do “Espírito Santo de Deus”, que minha! O mesmo fator que envolve os militares, como os bombeiros, com a paixão pela farda, possuindo suas esposas sempre uma patente a mais, tornando-se positivo para a sociedade, faz com que pessoas envolvidas na Justiça com o mesmo comportamento, a paixão pelo que fazem, provoquem uma catástrofe. Traduzindo: A SAAA das pessoas que trabalham no “crime” é mais criminosa que todo e quaisquer crimes! 

Vejam: Síndrome de Alienação Adquirida pelas Autoridades (SAAA) – Link: 982

              OBS: TRATA-SE DE UM PRIVILÉGIO DOADO POR “DEUS” CHEGAR AONDE CHEGUEI !

Wilson Camilo Silva

Leave a reply

required